KDE 4.3 – Saiba as novidades e como instalá-lo.

O KDE 4.3 chegou!. Depois de muita espera, o famoso ambiente gráfico para *NIXes chega em sua nova versão, trazendo muitas melhoras e novidades. Segundo o anúncio oficial do projeto, foram 10 .000 “bugs” corrigidos e 2.000 novas “features”!. Tudo isso em 6 meses.

Desktop KDE 4.3
Desktop KDE 4

Com destaque em estabilidade e performance, a nova versão do KDE vêm também com um novo tema por padrão: o Air. Com um visual bem leve e agradável de se utilizar (principalmente para quem passa muito tempo na frente de um computador), o Air se mostra um tema padrão ótimo para sua proposta.

Temos também o (novo) painel de controle do KDE, utilizado desde a versão 4.0, com alguns pequenos ajustes, mas nada muito significante. De certa forma ele lembra (e muito) o painel de controle do Mac OS X, mantendo tudo bem organizado em categorias.

Painel de controle KDE 4.3
Painel de controle KDE 4.3

Sobre consumo de recursos, em meus testes vi que o mesmo consome, depois de iniciado, 180 MB de RAM em média. Um grande salto, comparado à versões anteriores.

Os famosos Plasmas (widgets) também foram atualizados e também há novos, bem úteis.

Plasmas/Plasmóides do KDE 4.3
Plasmas/Plasmóides do KDE 4.3

Veja abaixo uma demonstração do novo ambiente: (créditos à Christian Engholm).

Imagem de Amostra do You Tube

Bem, para instalar o novo KDE no Ubuntu, faça o seguinte:

Vá em Aplicativos > Acessórios > Terminal e digite:

sudo sh -c “echo ‘deb http://ppa.launchpad.net/kubuntu-ppa/backports/ubuntu jaunty main’ >> /etc/apt/sources.list”

E depois:

sudo sh -c “echo ‘deb http://ppa.launchpad.net/kubuntu-ppa/staging/ubuntu jaunty main’ >> /etc/apt/sources.list”

Adicione a chave GPG:

sudo apt-key adv –keyserver keyserver.ubuntu.com –recv-keys 8AC93F7A

Depois disso, por fim:

sudo aptitude update && sudo aptitude dist-upgrade &&  sudo aptitude install kubuntu-desktop

Depois só esperar, e na tela de login, escolha para iniciar a sessão KDE.

Há também uma versão Live-CD do OpenSUSE com o KDE 4.3, Koffice 2.0 e outros softwares da família “K”. Lembrando que há a versão para Windows do KDE, que nada mais é que uma espécie de “framework” para rodar aplicativos KDE no Windows.

É isso, a nova versão desse fantástico ambiente gráfico chega em sua versão 4.3, trazendo muitas novidades que eram à tempos esperadas pelos seus fãs, talvez fazendo muitos migrarem do antigo KDE 3.5 para a série 4, ou até mesmo “converter” usuários do Gnome.

Related Posts with Thumbnails

About roggarcia

Sou usuário de computadores há 3 anos, com conhecimentos intermediários em Windows e Linux. Atualmente apenas um curioso do mundo da tecnologia.

15 comments on “KDE 4.3 – Saiba as novidades e como instalá-lo.

  1. Estou usando o KDE 4.3 no Arch Linux, em comparação às outras versões ele melhorou muito e em breve poderá voltar a ser um dos mais poderosos Desktop Enviroments do mundo *NIX. Creio eu que na 4.4 já poderão ser feitas comparações com o KDE 3.5. =)

    Unknown Unknown Unknown Unknown
  2. Estou usando o KDE 4.3 no Arch Linux, em comparação às outras versões ele melhorou muito e em breve poderá voltar a ser um dos mais poderosos Desktop Enviroments do mundo *NIX. Creio eu que na 4.4 já poderão ser feitas comparações com o KDE 3.5. =)

    Firefox 3.0.10 Firefox 3.0.10 GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  3. Resolvi deixar o gnome um pouco de lado pra testar novamente o kde nessa versão. Melhorou muito, a impressão que da é que se aproxima cada vez mais do kde 3.5 em funcionalidade. Infelizmente ainda achei um pouco pesado em relação ao gnome aqui na minha máquina, mas estou me habituando. O menu ainda acho bagunçado, mesmo com a possibilidade de usar o menu antigo, que tambem era bagunçado. Isso continua me desagradando no kde, junto com dezenas de programas que nunca vou usar se fizer uma instalaçao full. Felizmente existe kdemod pra archlinux e da pra contornar um pouco esse problema. O kde ainda não esta bom, mas está ficando.

    Unknown Unknown Unknown Unknown
  4. Resolvi deixar o gnome um pouco de lado pra testar novamente o kde nessa versão. Melhorou muito, a impressão que da é que se aproxima cada vez mais do kde 3.5 em funcionalidade. Infelizmente ainda achei um pouco pesado em relação ao gnome aqui na minha máquina, mas estou me habituando. O menu ainda acho bagunçado, mesmo com a possibilidade de usar o menu antigo, que tambem era bagunçado. Isso continua me desagradando no kde, junto com dezenas de programas que nunca vou usar se fizer uma instalaçao full. Felizmente existe kdemod pra archlinux e da pra contornar um pouco esse problema. O kde ainda não esta bom, mas está ficando.

    Shiretoko 3.5.2 Shiretoko 3.5.2 GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  5. Pingback: rqrqiejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *